Florística e fitossociologia do estrato herbáceo/arbustivo em 19 áreas de savanas amazônicas, Brasil

Palavras-chave: Cerrado, Flora, Amazônia brasileira, Estrato inferior

Resumo

O presente artigo visa avaliar a composição e a estrutura do estrato herbáceo/arbustivo em savanas amazônicas, a fim de discutir a similaridade florística entre 19 áreas nos estados de Amazonas, Amapá, Pará e Roraima. Para o levantamento, foram alocadas 120 parcelas de 1 m2 por área. Foram amostradas 390 espécies, em 203 gêneros e 64 famílias. As análises apontam para composições florísticas significativamente distintas entre si. As áreas próximas foram mais similares floristicamente, diminuindo à medida em que aumenta a distância entre elas, com um conjunto de espécies endêmicas ou exclusivas e áreas com individualidades próprias, o que implica alta especificidade desta vegetação. Diversos fatores podem influenciar na distinção florística das áreas, o que torna necessária a ampliação de estudos acerca das condições ambientais desta vegetação, com a finalidade de melhor compreendê-la.

Publicado
2019-08-26