Identificação dos subtipos de savanas na Amazônia oriental (Pará e Amapá, Brasil) com uma chave dicotômica de individualização

Palavras-chave: Chave de identificação, Classificação da vegetação, Fitofisionomias, Savana amazônica, Tipos de vegetação

Resumo

A identificação e a caracterização dos subtipos de savanas da Amazônia é um assunto pouco explorado. Os objetivos deste estudo foram: (1) elaborar uma chave dicotômica de separação dos subtipos de savana que ocorrem na Amazônia oriental (Pará e Amapá, Brasil), caracterizando-os com base em aspectos fitofisionômicos; (2) quantificar (em km2) as áreas de cada subtipo de savana, bem como definir suas espacializações geográficas; e (3) quantificar (km2) as áreas de cada subtipo de savana inseridas em Unidades de Conservação (UC). Utilizou-se como base de dados diversos inventários botânicos em diferentes regiões de ocorrência desta tipologia vegetal nos estados do Pará e do Amapá. A chave dicotômica permite diferenciar quatro tipos de savanas (florestada, arborizada, parque e gramíneo-lenhosa). As áreas cobertas por vegetação de savana no estado do Pará são de 60,25 mil km2 (4,83% do total) e no Amapá são de 8,58 mil km2 (5,98% do total), totalizando 68,83 mil km2, o que representa 4,95% da área total destes dois estados da Amazônia oriental.

Publicado
2019-08-26